15 SET

Praia do Moçambique e a Trilha do Parque Estadual do Rio Vermelho

Date: 15/09/2016

Author: Mayra Favareto

A Praia de Moçambique, com seus 12,5 quilômetros de extensão, é a maior praia de Florianópolis e está localizada entre o Leste e o Norte da ilha. Seu nome deriva de um molusco que é encontrado facilmente em suas areias e como tem uma quantidade diversa de peixes é muito procurada por pescadores.

Com ondas fortes e pesadas é ideal para a prática do surf mas pouco recomendada para crianças e pessoas que não saibam nadar bem, porém, a praia possui uma larga faixa de areia grossa e uma reserva de vegetação ideal para quem procura uma praia pouco movimentada e contato com a natureza!

O acesso a Praia do Moçambique é feito por estradas de terra, quase não há infraestrutura, sendo interessante levar o kitzinho (água e alimentos) caso deseje passar o dia lá.

Boa parte da extensão da praia fica dentro do Parque Estadual Florestal do Rio Vermelho, aonde se localiza um parque aberto para visitação do público com entrada gratuita e com exposição da flora e fauna local que está localizado no KM 14 da Rodovia SC-406.

A entrada da Trilha Ecológica do Rio Vermelho fica bem próxima a entrada da Praia do Moçambique, para aqueles que vem da Praia dos Ingleses, tem que passar um pouco o acesso da praia do Moçambique e fica do lado direto da estrada, tem uma placa bem grande e logo na entrega do parque você encontra um amplo estacionamento.

A Trilha foi inaugurada no ano de 2014 com a intenção de realizar um trabalho de conscientização ambiental por meio de visitas guiadas, além de proporcionar momentos de lazer através do contato com a natureza. Possui um percurso de um quilometro e uma estrutura com 15 viveiros, além de um especial onde as pessoas podem entrar e interagir com os animais. Lá você encontrará diversas aves, macacos, jabutis e muitos outros animais, são mais de 35 espécies no local.

A Trilha está aberta ao público de terça a domingo, das 10h às 17h no horário de verão e das 9h às 16h no horário de inverno e os grupos saem a cada 30 minutos. Todas as visitas contam com a presença de um guia, que conta a história dos animais da Trilha e fala também sobre o Parque Estadual do Rio Vermelho, o percurso inteiro leva em torno de 50 minutos.

O passeio é muito interessante e pode ser feito por todas as idades, o acesso a trilha é todo feito por passarelas de madeira. Vale a pena levar as crianças para conscientizá-las desde cedo sobre a importância de não criar animais silvestres em casa e de denunciar o trafico dos bichinhos. Na visita o guia explica que os animais estão presos ali pois não conseguiram voltar a seu habitat natural por alguma deficiência física e se não fosse pelo trabalho dos voluntários do parque os animais não conseguiriam sobreviver.

Vale informar que não há lanchonetes no local, mas no final da trilha há uma área com mesas e cadeiras para quem deseja fazer um lanche ou até mesmo um pic-nic. Há também um mirante dentro da trilha com banheiros e bebedouro.

Para mais informações sobre o parque, acesse o site da Fatma.
Telefone: (48) 9828-8952
E-mail: trilha@fatma.sc.gov.br

Vale muito a pena a visita!
Até a próxima!